Você não vai acreditar no que os médicos retiraram de dentro dessa mulher

Curiosidades Saúde

Uma professora nos Estados Unidos percebeu que sua barriga estava aumentando de tamanho desde o mês de novembro do ano passado. Era um tumor que crescia em seu ovário. O crescimento foi rápido e contínuo. Segundo informações médicas, o tumor crescia em média 4,5 kg por semana.

 

Por causa do peso a paciente, que não teve a identidade revelada, precisava usar uma cadeira de rodas para se locomover, pois não suportava tanto peso. Quando ela deu entrada nos Hospital Danbury nos Estados Unidos os médicos ficaram perplexos com o que viram. Segundo um artigo publicado no G1 nesta última sexta-feira (4), o procedimento para a retirada do tumor aconteceu no dia 14 de fevereiro deste ano e a equipe médica levou cinco horas para fazer a cirurgia.

Embora o caso tenha ocorrido em fevereiro, apenas agora ele foi divulgado. A paciente que atua como professora já retomou suas atividades normais. Ela, que tem 38 anos, procurou um ginecologista e após alguns exames a paciente foi diagnosticada com massa ovariana. O tumor que crescia em média 4,5kg por semana foi retirado da mulher com 60kg e segundo os médicos isso é algo muito raro de acontecer.

Vaagn Andikyan, médico oncologista e ginecologista, contou que quando ele conheceu a professora ela estava completamente desnutrida e ele explicou o motivo. O tumor estava atrapalhando o seu trato digestivo, por esse motivo era difícil para ela se alimentar e, por consequência, acabou desnutrida.

Por muita sorte não se tratava de um tumor maligno. Segundo os médicos, esse não era cancerígeno, ou seja, era benigno.

Mesmo sendo benigno ele representava uma grande ameaça à vida da paciente, pois à medida que ele crescia, aumentava a compressão contra os vasos sanguíneos.

Segundo informações do Dr. Andikyan,o tumor teve sua origem em células epiteliais que são responsáveis por reverter o ovário. Foi através de uma massa gelatinosa produzida por células tumorais que se deu origem ao tumor que media 100 centímetros.

O especialista contou que é comum que tumores mucinosos sejam grandes, porém algo do tamanho que eles encontraram representa raríssimos casos e pouquíssimos falados na literatura medicinal. Vaagn Andikyan estima que no mundo inteiro apenas 10 ou 20 tumores desse tamanho tenham sido removidos na história da medicina.

A cirurgia não foi realizada de uma hora para outra. Os médicos desenvolveram planos e estudaram técnicas para que, dessa forma, pudessem remover o tumor sem prejudicar a paciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *